O Blog Fonoaudiologia em Diálogo busca aproximar e informar pais, pedagogos, psicopedagogos, professores e profissionais da saúde sobre questões relacionadas à fonoaudiologia que permeiam o ambiente escolar. Afinal, juntos, podemos promover a saúde da comunicação do aluno e do professor de maneira mais preventiva e satisfatória!
COMUNICAÇÃO NÃO É UM DOM! É UM DIREITO DE TODOS!

domingo, 15 de maio de 2011

NÓDULOS VOCAIS: OS FAMOSOS CALOS DAS CORDAS VOCAIS

Os nódulos vocais são lesões de massa benignas, esbranquiçadas, as vezes parecidas com uma espinha. Ocorrem mais em mulheres que em homens e estão muito associados ao abuso vocal (uso inadequado da voz) e estresse. As principais causas de nódulos são: uso de voz em grande intensidade, uso vocal por longos períodos de tempo, uso da voz com movimentação física intensa, velocidade aumentada da voz, abuso vocal, dentre outros. Uma pessoa com nódulo, geralmente emite uma voz rouca e soprosa, mas o cansaço ao falar, a perda da potência da voz e dor no pescoço também podem ser sintomas de nódulos. O grau de rouquidão irá variar de acordo com o tamanho do nódulo. Fique atento ao fato de que quanto mais o tempo passar sem tratamento adequado e sem mudar os hábitos nocivos o nódulo poderá ficar maior e mais rígido. Quanto mais rígido pior é o progresso da recuperação da voz e dependendo do caso, apenas a cirurgia irá eliminar o nódulo. A profissão do professor é considerada de risco para a formação de nódulos vocais. Se você é professor, procure orientação de um fonoaudiólogo e saiba como cuidar, aquecer e desaquecer a sua voz. Faça um check up das pregas vocais regularmente. Mara Behlau, no 1º volume de seu livro Voz: O livro do especialista, relata que entre 10 a 15% da população com nódulos vocais não apresenta sintomas evidentes como a rouquidão, portanto se você é professor ou utiliza a sua voz como instrumento de trabalho faça uma videolaringoscopia e verifique se está tudo bem com as suas pregas vocais. Caso você observe algum problema na voz, a primeira coisa a se fazer é procurar um otorrino para uma videolaringoscopia e com este exame, procure um fonoaudiólogo especialista em voz!

70 comentários:

  1. Muitoo bom msm, acho que tenho pq minha voz ta ficando roca e to com dor de pescoço vleww

    ResponderExcluir
  2. Olá, Carlos! Consulte um otorrinolaringologista para fazer uma videolaringoscopia.

    ResponderExcluir
  3. Olá fiquei 4 meses tossindo muito e muito forte. Aquelas tosses secas e ásperas por conta de uma infeção pulmonar. Agora estou tratando da infecção porém não consigo falar por muito tempo sem ficar rouca, cansada e com uma sensação de algo na garganta. Quando pigarro ou tento engolir, parece que tem um muco ou algo parecido. As vezes ao tentar falar ou levantar bruscamente começo a tossir. Quando da infecção eu trabalhava em uma empresa de call center onde eu ficava 06:20 utilizando a voz, em um ambiente extremamente refrigerado pelo ar condicionado. Será que devido ao tempo que estive tossindo, adquiri calos ou outro problema na voz? Não posso ficar rouca pois sou cantora nas horas vagas, porém há 6 meses que não faço nem ensaios. Por isso que não ponho a culpa no Hobby, até poque comecei a tossir e peguei a infecção depois que entrei na empresa há 4 meses.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carla,

      A tosse realmente agride muito. Eu mesma tive um episódio longo de rouquidão por conta de tosses excessivas, mas no meu caso era alérgica. Porém, rouquidão por mais de 15 dias deve ser investigada.
      O mais importante é você procurar um otorrinolaringologista para uma consulta e videolaringoscopia. O exame vai revelar se existe lesão nas pregas vocais e o médico vai fazer o melhor encaminhamento. Talvez você precise de tratamento com uma fono. De qualquer maneira, acredito que seja importante para você se consultar com uma fonoaudióloga para aprender a cuidar da sua voz de maneira preventiva, pois trabalha com a voz e ainda tem o hobbie, né?!

      Espero ter ajudado!

      Excluir
  4. Oi o meu nome é Eva e estou com um inicio de um nódulo. O que eu faço? Tem algum remédio? ou somente o tratamento com a fono? Isso pode me incapacitar para o trabalho de professora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Eva! Não há remédio para nódulo. O tratamento é com uma fonoaudióloga. Através de exercícios vocais e orientações de cuidados com a voz você poderá absorver este espessamento. É importante iniciar logo o tratamento porque pode virar um nódulo mais duro e em alguns casos mais severos a fonoterapia por si só pode não ajudar e as vezes há até necessidade de cirurgia. Como você descobriu cedo, tudo pode se resolver fácil! Procure uma fonoaudióloga e leve seu exame médico!
      Esse problema pode atrapalhar um pouco no trabalho e te impedir de tomar posse caso passe em algum concurso, então procure orientação fonoaudiológica o mais rápido possível! Grande abraço e melhoras!

      Excluir
  5. ola... meu nome é marcia e eu gostaria de saber se esses calos podem ser percebidos ou sentidos ao palpar o pescoço e gostaria de saber também se a esofagite de refluxo pode ser um fator contribuinte para esses calos.
    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Márcia! Refluxo é um fator negativo para a qualidade da voz, por isso é importante procurar um gastro para o tratamento do refluxo e um ororrinolaringologista para avaliar suas pregas vogais. Não dá para apalpar os calos, se você está sentindo algo é mais do que importante procurar ajuda médica. :) Espero ter ajudado.

      Excluir
  6. Olá, descobri a pouco tempo que estou com um espessamento minimo, ou seja, um pequeno calo nas pregas vocais, as vezes eu sinto como se tivesse alguma coisa agarrada na minha garganta isso pode ser dos calos? outra coisa no que o mel pode me favorecer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca li nada sobre os benefícios do mel no tratamento de espessamento. Acredito que não tenha relação alguma. O tratamento é com uma fonoaudióloga. Através de exercícios vocais e orientações de cuidados com a voz você poderá absorver este espessamento. É importante iniciar logo o tratamento porque pode virar um nódulo mais duro e em alguns casos mais severos a fonoterapia por si só pode não ajudar e as vezes há até necessidade de cirurgia! Espero ter ajudado! :)

      Excluir
  7. Cléia Moreira 14/05/2013. Fiz uma videolaringoscopia e o médicos descobriu que eu tenho um nódulo ou cisto nas cordas vocais, sinto um cansaço como se fosse asma,tontura, dor de garganta, um incomado na cabeça, as vezes dor de ouvido, vontade de vomitar e roquidão constante não posso tormar nada gelado nem sentir cheiros muito fortes. Sera que tem tudo a haver com o problema, trato com fonodiólogo faz 2 meses.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você está relatando alguns sintomas de alteração vestibular. É uma parte do ouvido responsável pelo equilíbrio. Comente sobre esses sintomas com sua fonoaudióloga e otorrino para receber orientação adequada! Abraço!

      Excluir
  8. OLA Doutora acho que tenho algum problema nas cordas vocais pois vivo com a voz falhando e rouca fora isto nâo sou fumante tenho muito pigarro oque devo fazer ?ir no otorrinolaringologista ou vou direto na fonoaudióloga minha profissão é digitadora nem uso a voz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procure um otorrino para realizar uma videolaringoscopia primeiro! Abraço!

      Excluir
  9. AO falar parece que meu pescoço incha, o que pode ser?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sugiro que procure ajuda médica. Otorrino e endócrino para avaliação. Abraço!

      Excluir
  10. Parabéns pelo blog. Tenho o calo e já fiz a fonoterapia, já fazem 15 anos. Um dúvida. Bebidas quente ou geladas são agressoras?

    Edson

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! O choque térmico faz com que o trato vocal libere secreção para se adaptar à mudança de temperatura. Algumas pessoas sentem mais que outras. Por exemplo, para mim, que sou alérgica, tenho q evitar, pois já sou secretiva demais. A secreção gera pigarro e aí dá vontade de tossir e tossir é prejudicial! Por isso ficamos roucos em gripes e resfriados. OK?

      Excluir
  11. Olá, Roberta. Meu nome é Alexandre e recentemente fiz o exame de videolaringoscopia para admissão em um concurso público. O exame constatou que em uma das minhas pregas vocais há hiperemia, com suspeita de monocordite. Gostaria de saber se isso é muito sério e se é impedimento para assumir o cargo, já que este é de professor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sugiro que você procure um fonoaudiólogo especialista em voz para tirar as suas dúvidas e orientá-lo quanto ao uso de sua voz. Refaça o exame em outro local e não fique com dúvidas quanto ao laudo! É dever do médico e direito seu saber o que significa o que está escrito no laudo! Melhoras e abraço!

      Excluir
  12. Olá,fiz exames pois estava muito rouca e fui a dois médicos diferentes...um constatou pólipo e o outro disse que se tratava de nódulo...um diagnosticou cirurgia(do pólipo)e o outro(do nódulo) fonodióloga e remédio para refluxo.estou tomando o remédio para o refluxo e minha voz voltou...ainda não fiz a fonodióloga...o que acha do meu caso??ainda estou meia confusa...obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As vezes é difícil diferenciar as lesões. Sugiro que você leve sua avaliação em um bom médico por indicação. Toda cirurgia de prega vocal é delicada, portanto tente fazer terapia com um fono especialista em voz por alguns meses e veja se terá resultado. Refaça a vídeo e verifique se houve regressão da lesão.

      Excluir
  13. oi... Meu filho de 5 anos tem calos na garganta desde os dois anos, já fiz sessões de fono por algum tempo e parei, pois tive outro filho, e agora as reclamações dele em relação a garganta aumentou muito e principalmente a noite ele fica tossindo muito...Sera se os calos aumentaram ou ficaram mais rígidos???Tem alguma coisa q ajude fora a fono, mas sei que tenho que leva-lo de novo para fono... Obrigada!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É importante refazer a videolaringoscopia e procurar tratamento fonoaudiológico. Os calos podem ter ficado mais rígidos sim. Para o tratamento, procure um especialista em voz!

      Excluir
  14. Olha só, faço aula de canto, e meu professor anda falando que minha voz está diferente e roca. eu me estresso muito, vivo gritando e quando canto canso rápido e não alcanço mais as notas que alcançava antes. Isso pode significar que tenho nódulos?? Tenho medo de falar para meus pais e eles não quiserem me levar para fazer a VIDEOLARINGOSCOPIA E NÃO ACREDITAREM EM MIM... O que eu faço??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Converse com os seus pais. Sem uma videolaringoscopia, qualquer orientação que eu te der será irresponsável de minha parte! Boa sorte!

      Excluir
  15. Olá sou professora e descobri em 2011 que tenho cisto nas cordas vocais. Fiz 3 exames: o 1º em 2011 diagnosticou cisto e fui encaminhada para cirurgia e para fonoterapia, os outros 2 (em 2012) diagnosticou nódulos e descartou a cirurgia, encaminhando para continuar a fonoterapia. Bem faço terapia há exatos 1 ano e 3 meses e quase nada mudou, embora siga as orientações minha voz permanece rouca, poucas são as melhoras. No meu caso é indicada a cirurgia? Quanto tempo leva a recuperação, pois sou contratada (temporária) do estado e não sei como ficará minha situação? Desde já agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Refaça seus exames com uma videoestroboscopia, pois a imagem é mais nítida e será mais difícil ocorrer um erro diagnóstico! Procure um fonoaudiólogo especialista em voz!

      Excluir
  16. oi roberta,gostaria de tirar umas duvidas com vc.. eu tnho nódulos de pregas vocais.. ai comecei fazer o tratamento..gostaria d saber se qto mais eu fazer os exercícios mais rapido sua eliminação ou naum pod fazer muitas vezes no dia... pq tnho pressa.. por causa d concurso..ai a minha fono pediu q eu fizesse de manha, a tarde e a noite...uma vez a cada período.. posso fazer mais d uma vez cada período? e tbm gostaria d t perguntar se gelado influencia ou naum tm problema?e se a maça eh boa msm para as pregas?aguardoo anciosamente sua resposta..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siga as orientações da sua fonoaudióloga. Ela conhece seu caso e viu seus exames. Quanto ao gelado: provoca aumento de muco e portanto mais pigarro. Não é bom. Quanto á maçã: É adstringente, afina a saliva e elimina o muco. É ótima!
      Melhoras!

      Excluir
  17. Dra Roberta já passei por uma cirurgia no ano de 2011 mas minha voz havia voltado perfeitamente !!!! Sou cantor tenho 30 anos e canto desde os seis anos!! Sempre fui muito zeloso com minha voz inclusive tenho minha fono mas por ter finalizado meu tratamento pós cirurgico não fui mais , mas menos de um mês pra cá sinto minha vos meio soprosa (não grosseiramente) mas às vezes parece que hà 2 vozes saindo de mim tenho evitado cantar e pretendo fazer uma video e geralmente ao acordar minha voz fica meio rouca e vai melhorando durante o tempo mas estou com medo de ter voltado algo!!! Será que existe o risco????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, existe o risco. O ideal é fazer o que você está planejando mesmo: refazer os exames para verificar o motivo dessa diplofonia (duas vozes). Espero que dê tudo certo!

      Excluir
  18. Drª. o calo nas cordas vocais também podem prejudicar a audição, pois além de todos estes sintomas também tenho tido dores auditivas e perda de audição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não. Calo não tem relação com audição. faça uma audiometria e timpanometria para ver se está tudo bem com sua audição e leve os resultados no otorrino. Melhoras!

      Excluir
  19. Olá, sou professora na área de informática, descobri faz 1 ano e meio que tenho 2 calos nas cordas vocais pois ficava muito rouca, faço fono.. mas gostaria de saber enquanto tempo tenho que fazer... se apenas os exercícios de vibração resolve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O ideal é você procurar um fonoaudiólogo especialista em voz para responder suas perguntas e te orientar! Converse com sua fonoaudióloga sobre suas dúvidas!

      Excluir
  20. Ola tudo bem doutora.Gostaria que vc tirasse uma dúvida, já faz uns nove anos que eu fz exame e descobrir Quebec tinha um pequeno calo nas cordas vocais, o médico na época me falou que eu tinha que passar no fono porém, como o convênio nao cobria eu ñ corri atrás . Mas agora eu não consigo cantar pois eu me canso rápido e até dói o pescoço. O que vcse sugeri?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sugiro que você repita o exame para ver a atual condição das suas pregas vocais hoje e siga as orientações do médico.

      Excluir
  21. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  22. Eu ja tive calos nas cordas vocais,ai fui no otorrinolaringologista e fiz um videolaringoscopia e apareceu ai fiz seções 10 seções com uma fono quando voltei no otorrino os calos tinha sumido...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A fonoaudiologia ajuda muito no tratamento da voz! Excelente depoimento!

      Excluir
  23. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sugiro que você faça o exame da videolaringoestroboscopia para ver a atual condição das suas pregas vocais e siga as orientações do médico.Melhoras!

      Excluir
  24. Olá, me chamo Larissa, fiquei rouca duas semanas, só que trabalho como atendente, acabei forçando demais minha voz, o medico disse que estou com bolhas na corda vocal.Só que eu ñ estava me sentindo encomodada, e agora sinto como se estivesse engolido um comprimido grande e ele tivesse ficado preso na garganta.Isso é normal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sugiro que você faça o exame da videolaringoestroboscopia para ver a atual condição das suas pregas vocais e siga as orientações do médico.Melhoras!

      Excluir
  25. ola!Roberta tenho uma amiga que possui calos na gargata e por isso ela gagueja em algumas palavras,em algumas msmo ,segundo ela essa gagueira são causadas pelos "calos" e so podem ser revertidas através de cirurgias! isso e verdade? não possui nenhuma outra alternativa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gagueira tem tratamento com uma fonoaudióloga e nada tem a ver com calo nas pregas vocais.
      Alguns calos são tratáveis com fonoterapia também. :)

      Excluir
  26. Minha voz muda de repente,fico falando como se estivesse gripada e as vezes sinto falta de ar. É sintoma de calo nas cordas vocais. Sou professora a 7 anos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sugiro que você faça o exame da videolaringoestroboscopia para ver a atual condição das suas pregas vocais e siga as orientações do médico. Pode ser uma alteração nas suas pregas vocais sim. Melhoras!

      Excluir
  27. Olá Roberta...
    Fiz a videolaringoscopia para apresentar na perícia médica de concurso para Professor no ES. Fiz e o otorrino disse que eu tinha um pequeno espessamento no terço médio da PVE e disse pra eu prorrogar posse e passar por tratamento de refluxo,fiz durante 25 dias e voltei a refazer o exame, que constatou a mesma coisa. Ele disse que não seria problema, fui pra perícia e fiquei reprovado, onde a perita disse que eu teria q passar por fonoterapia. 3 PERGUNTAS:
    1- O Tratamento contra refluxo foi o mais indicado?
    2-A fonoterapia surtiria mais efeito?
    3-A reprovação no concurso está correta?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1) O refluxo piora a qualidade vocal e pode causar lesões. A indicação foi bem feita.
      2) Na minha opinião faltou o encaminhamento para a fono reverter o espessamento. Espessamento é um princípio de calo.
      3) Geralmente eles fazem isso. Reprovam temporariamente para o profissional procurar o tratamento adequado. Procure um fonoaudiólogo especialista em voz!
      Boa sorte!

      Excluir
  28. Ola Roberta.... Sou Pastor uso muito minha voz.... Ultimamente minha garganta tem inflamado com facilidade, e no meio de alguns sermoes perco a potencia da voz e a mesma vai ficando rouca e encerro os sermoes com dificuldade. Oque eu faco ????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procure um médico para saber o motivo dessas inflamações constantes. Talvez você esteja com a imunidade baixa.

      Excluir
  29. Boa tarde doutora! Sou professora, então utilizo muito minha voz, e sou alérgica. Todas as vezes em que tive uma crise, fiquei sem voz, e abusava só procurando o médico em último caso por não querer parar de trabalhar. Quase sempre houve sangramento da garganta e rouquidão. Na última crise que tive, a doutora me medicou e eu pedi um encaminhamento ao Otorrino. Ela disse que pelos sintomas de dor, rouquidão e sangramento pela irritação, pode haver nódulos.Seria adequado dar uma pausa na profissão? Mesmo com o tratamento adequado, isso pode me abster de fazer o curso de dublagem que tanto quero?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo vai depender da gravidade do seu caso. Faça a videolaringoscopia e peça orientação médica e fonoaudiológica com especialistas! Com o exame na mãe o profissional vai indicar suas melhores opções. Sucesso!

      Excluir
  30. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  31. Tenho calo, mas nos ultimos dias nao consigo nem dormir d tanta tosse, minha voz esta muito rouca e sinto q o problema esta se agravando mais, estou esperando a tres meses para fazer a video, trabalho com com cobranca via telefone, corro o risco de perder a voz?? Ja havia feito a video e dois anos atras porem o convenio nao cobrii o tratamento, e pelo sus nao anda a

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você é profissional da voz deve procurar tratamento com urgência para seu caso não se agravar. Não vale a pena arriscar a qualidade da sua voz! Boa sorte!

      Excluir
  32. Ola roberta,

    Fui ao otorrino e fiz um exame de nasolaringoscopia,em 2012 e resultado foi disfonia funcional leve fenda muito pequena e vasculodisgenesialeve bilateral em ppvv e sinais de refluxo.
    fiz o tratamento com fono e senti melhoras, porem esse ano voltei a fazer o exame e foi confirmado o refluxo e agora preciso fazer fono p novamente para nao dar calos pois o laudo do exame deu pre contato de pregas vocais...o que seria isso? pre contato? inicio de um nodulo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é o início de um nódulo. Há atrito em uma área específica que pode ocasionar nódulos no futuro. Melhoras!

      Excluir
  33. Tosse pode ser refluxo, que pode piorar no desenvolvimento de calos e polipo nas pregas vocais, porém geralmente eles se desenvolvem por mal entonação vocal em pessoas que forçam a voz, geralmente em pessoas que exigem a voz em seus trabalhos, como professores ou treinadores, uma dica para evitar alem de aprender a entonar a voz com fonoaudiólogo é o uso de microfone em trabalhos que exigem aumento excessivo da voz.

    ResponderExcluir
  34. Olá, Roberta. Tenho a sensação de tenho algo preso na garganta, como se tivesse comido algum alimento e ele tivesse ficado preso na garganta. Não tenho dores ou rouquidão, mas, algumas vezes, minha voz falha quando falo. O que pode ser?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Iury! Eu não trabalho clinicamente com voz e esse seu sintoma pode significar muitas patologias diferentes. O ideal é que você visite um otorrino para uma consulta e uma videolaringoscopia, para investigar o que está acontecendo.

      Excluir
  35. Olá Roberta. Meu nome é Nicole. Sou professora.
    Há muitos anos, diagnostiquei um nódulo em minhas pregas vocais mas não fiz qualquer tratamento. Hoje isso tem me atrapalhado. Consegui um novo exame pelo SUS para analisar "a situação" da minha garganta. Gostaria de saber, até que chegue o dia do meu exame (e o SUS é super demorado)e eu possa ser encaminhada ao fonoaudiólogo, o que eu poderia fazer para amenizar meus sintomas de rouquidão, isto é, quanto tempo de descanso eu devo fazer diariamente para poder dar minhas aulas no outro dia sem que isso me atrapalhe e prejudique ainda mais minhas pregas vocais? Outra coisinha: Você saberia me dizer se o SUS faz esse tipo de cirurgia de remoção de nódulo, caso eu precise? Muito obrigada desde já! Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O ideal seria você aprender a aquecer e desaquecer a sua voz para o trabalho e você pode pegar algumas orientações sobre saúde vocal (cuidados com a voz) em uma sessão com o fonoaudiólogo. Geralmente se trata nódulo com fonoterapia a não ser que estejam muito rígidos. Toda cirurgia de prega vocal é muito delicada e se houver a opção de terapia, faça terapia.

      Excluir
  36. Oi, estou participando de um musical, há uma semana. Minha música é muito aguda e estava sem conseguir entrar no tom, então vi vídeo-aulas de exercícios para melhorar a voz, só que estou sentindo dores do lado esquerdo do pescoço, a garganta está como se tivesse "pegando fogo", arde muito, e estou sem consegui cantar a música.O que fevo fazer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é adequado você cantar uma música fora do seu alcance vocal. Tente conversar com o pessoal da produção para abaixarem o tom da música pra você e boa apresentação!

      Excluir
  37. Tenho problemas de tosse seca , fui ao médico e minha tosse é alérgica, porém fiquei alguns anos sem descobrir. Isso pode ocasionar algum nódulo? por que na maioria das vezes , sinto me cansado por falar , mesmo sentado em algum lugar sem ter feito nenhuma atividade física, não apresento rouquidão e provavelmente sem dores no pescoço , mas apresento falha na voz constantemente. Agradeço sua atenção

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Victor, se está na dúvida sobre a qualidade da sua voz, sugiro que procure um otorrino para uma videolaringoscopia e depois, com o exame na mão, procure um fonoaudiólogo especialista em voz. Ele vai te ajudar a aquecer e desaquecer a voz e te dar dicas de como cuidar melhor da voz, mas este cansaço pode ser sintoma de outra patologia não relacionada, então converse com um clínico para ele te orientar a como investigar seu problema! Melhoras!

      Excluir